Agridoce


Agridoce









e daí que submissa?
gostava quando me faltava o ar
e
quase embargada
de teu sabor
só eu sabia

que meus cílios eram-te
e também o era alma minha

Nenhum comentário:

Postar um comentário