Acaso de leituras I


Acasos de Leituras I

no escuro do outrora
aos doze eu vi 

Catherine uivando pelas charnecas

do encontro rupestre 
espiei o silêncio que me consumia
estava encrestado de letras

e solidão 

entanto, certas mágoas tatuadas
brincavam de colibris

e algumas metáforas borboletram


Acasos de leituras: O morro dos Ventos Uivantes - Emily Brontë

Nenhum comentário:

Postar um comentário